terça-feira, 31 de julho de 2012

Escurinho

Luis Carlos Machado ou simplesmente Escurinho foi revelado pelo Inter em 1970. Ganhou sete campeonatos gaúchos em sequência (1970, 1971, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1976) e foi bicampeão brasileiro (1975 e 1976). Escurinho destacou-se por ser um grande cabeceador e participou de um dos gols mais lindos da história do Beira-Rio, rasgou a zaga do Atlético MG em uma linda troca de passes de cabeça finalizada por Falcão. Apesar de nunca ter sido titular absoluto, cabia a Escurinho a tarefa de entrar nos minutos finais e decidir as partidas, o que lhe rendeu o apelido de "Talismã" e um lugar entre os melhores jogadores que vestiram a camisa vermelha.

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Guiñazu

Pablo Horácio Guiñazu chegou ao Inter em 2007 e joga como titular absoluto no meio campo colorado desde então. O aguerrimento e a intensa movimentação em campo são marcas registradas do jogador argentino. O volante é incansável na marcação, sendo um símbolo de raça do time colorado. Nestas cinco temporadas conquistou nada menos do que 9 títulos, sendo 4 gauchões (2008,2009, 2011 e 2012), Dubai Cup (2008), Copa Sulamericana (2008), Copa Suruga Bank (2009), Copa Libertadores (2010) e Recopa Sulamericana (2011). Sem dúvida, o guerreiro colorado merece o seu lugar entre os Heróis Colorados.

domingo, 29 de julho de 2012

Taffarel

Claudio André Mergen Taffarel jogou no Inter nos anos de 1985 até 1990 e apesar de nunca ter levantado uma taça pelo colorado, se tornou um ícone embaixo das traves e um grande ídolo colorado. Em 1990 se transferiu para o Parma da Itália sendo o primeiro goleiro brasileiro a jogar na europa, foi assim o precursor e abriu caminho para os arqueiros brasileiros no velho continente. O grande desempenho no Inter levou Taffarel até a seleção brasileira, onde permaneceu de 1987 até 1998, fechando 11 anos como titular do Brasil com 3 copas do mundo disputadas (1990, 1994 e 1998) sendo tetracampeão em 1994, além de bicampeão da copa américa (1989 e 1997), campeão panamericano (1987) e medalhista de prata na olimpíada de 1988 em Seul. Taffarel fechou o ciclo na seleção tendo disputado 123 partidas, um recorde absoluto entre os goleiros que representaram o Brasil. Mais do que um ídolo colorado Taffarel é um ídolo nacional.

sábado, 28 de julho de 2012

Larry

Larry Pinto de Faria foi um dos maiores atacantes do Inter, o centroavante elegante e técnico foi chamado de "O Cerebral Larry" por ser extremamete capaz de pensar e executar as jogadas com muita qualidade. Até hoje é lembrado por ter marcado 4 gols nos 6x2 que o Inter fez no greNal do torneio de inauguração do estádio olímpico em 1954. Jogou 260 partidas e marcou 176 gols pelo Inter de 1954 até 1961 e ganhou dois campeonatos gaúchos em 1955 e 1961. Larry também foi convocado para a seleção brasileira, jogando 6 partidas entre 1956 e 1957, marcou 4 gols pelo Brasil e sagrou-se Campeão Panamericano em 1956 no México.

Heróis Colorados

Estou iniciando hoje uma série de postagens que homenageia os grandes craques que escreveram e continuam escrevendo a história de glórias do nosso Internacional. O objetivo é divulgar um resumo da carreira de cada um deles e os feitos que os levaram a se tornar eternos na memória deste clube gigante.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Esses são os mockups sugeridos pelo amigo Lucas Carvalho, espero ter interpretado bem a idéia. A primeira é uma réplica do primeiro uniforme de 1909 e o segundo é bem inovador e arrojado. Mandem mais idéias que eu posto aos poucos aqui no blog.

sábado, 14 de julho de 2012

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Uniforme baseado na camisa do Wally, do livro "Onde está o Wally?" do ilustrador Martin Handford que foi um dos livros infantis mais vendidos da história.